12 outubro 2009

Felicidade

É que percebesse
quando percebesse
de se enganar
quão mais divertido
era - ainda.

É que se percebesse
talvez gostasse
e de tantos enganos
a vida passaria e mesmo às dores:
pequenas cenas dramáticas, e portanto
charmosas
as dores mais saudáveis que o câncer
das músicas lamentosas

Não sabiam então que se enganar era mais divertido que a vida própria
ou se tinham vida própria apenas ele
se percebesse
gargalhava ao longe de si - mas feliz.
Postar um comentário