21 dezembro 2007

23:29

Não consigo dormir
embora o sono
as idéias não param nem vão

quem irá depois de mim?

Tem horas que penso se alguém seria capaz de escrever por mim, tantas idéias, nem tempo que corre para deixá-las de lado

é como uma invasão. daí, me perguntam, você não pensa nas coisas daqui?

mas como posso? Pensar é um luxo pra mim.

Preciso absorver sentidos: então é preferível a Natureza toda que as humanidades?

Não bem assim. O ser humano, afinal, não é natural (ainda que de si)?

Estou fanático pela Orquídea. Isso é verdade

Olho o mar e vejo flores.
Queria um jardim dessa espécie, com gosto de baunilha.

Tenho descoberto coisas para fora de mim: então descanso.

meu amor, meu amor: repousa. e isso é bom.
eu também precisava.

tenho idéias, para concluir, que estão em mim desde agosto. ainda não passadas ao papel.

se todas essas uma apenas fizerem sorrir: está bem.
Ao menos não preciso ser médico e acertar em todas as prescrições ou cirurgias!

menos mal assim

boa noite a todos
Postar um comentário