11 julho 2015

Falta Pouco

É, meu amor, que falta pouco
pro tempo das sombras passarem

e eu tentei
tentei tão fortemente que as sombras fossem minhas amigas, que me dessem respostas
que não se exigem

nem das sombras, nem das sombras
a morte existe devagar, e o poder e tudo aquilo que o ser humano quer é que ando todo
abandonado

de repente me alivia
mas nosso amor, amor

não, não esqueço, não esqueci
não abandonei, não deixei
não parei de vir

não parei de ti.

Parei apenas das coisas não vistas.


Postar um comentário