01 novembro 2010

Amor Bossa Nova


Arrumava a casa devagar
era sol e tarde

um gosto de paz e um pouco de lembrança
ontem estava aqui e se divertia de mim

sem mágoas. eu deixei você entrar tanto
que me venceu até em jogos de azar

aquele vinho nunca tomado e o pouco de vodka no canto da sala
quebramos feito esposos

eu me lembro do teu colo e das tuas asneiras.

dobrei os lençóis da cama de visita: onde sempre dormimos.

era quente e melancolia
você voltará com aquele brinquedo novo

do meu jeitinho deixei alegria no lugar do pó
e os móveis todos recolodados: sorriram de amor.

Postar um comentário