10 dezembro 2007

Saber

Sabia que seria assim: ao acordar na segunda um céu mais nublado
e Sabia também que teria um dia inteiro para me aliviar um pouquinho por algum pouco de tempo / de repente pode voltar essa coisa da escrita /

Então, tomo meu café com bastante açúcar: preciso de café ao acordar e com ele uns inúmeros cigarros que nunca parei para contar.

Leio: A metafísica dos tubos de Amélie Nothomb . Comecei a ler no banheiro de um amigo, peguei da estante e li enquanto cagava o primeiro capítulo que fala de Deus... Tubo, cagar e Deus! Estranha coincidência? Daí, peguei emprestado.
Descobri que preciso ler um livro por semana (ou a cada duas semanas) ao menos. Assim, me sinto mais de acordo com o mundo e me distraio de mim mesmo.

Para fugir dos escritos vez ou outra pinto com giz pastel: é algo terapêutico desenhar, no meu caso, e por ser neófito acho tudo muito fofo, aquela impressão de ingenuidade num começo sem pressa de existir.

De repente posto aqui esses meus desenhos/rabiscos.

Boa semana a todos
Postar um comentário