04 novembro 2012

este perigo de nos deixar a sós

este é o perigo
onde coloco os dedos
quando estás presente.

as pernas quase chegam a tremer
não fosse o orgulho

eu sei que
tombaria.


este é o perigo
porque meus riscos no ar
são incoerentes.


e tombar seria um sinal
de que ao me ajudar na subida
seria tua
a queda.


porque sou bom
quanto mais eu finjo
é melhor de existirmos.





Postar um comentário